5 Dicas para zerar suas dívidas

Aproximadamente 64 milhões de brasileiros estão inadimplentes, segundo o registro do SPC. Este número indica muito além de devedores, mas pessoas que não souberam controlar suas dívidas e perderam o seu nome “na praça”. Embora o índice de inadimplentes aumente mês a mês, muitos brasileiros estão buscando ajuda para zerar suas dívidas e se livrar dessa grande dor de cabeça.

Como organizar sua vida financeira

O grande desafio para não entrar na lista de devedores é saber organizar as suas dívidas e finanças. Para os autônomos que não têm uma salário mensal com valor fixo, estabelecer quanto poderá gastar e quanto deve reservar para o pagamento das contas, é um pouco mais complicado.

Ainda assim, todos têm uma ideia aproximada de quanto ganharão em salário bruto. Deste valor é preciso reservar boa parte para o pagamento de contas pré estabelecidas, quer dizer: água, luz, telefone, internet, TV a cabo, aluguel, financiamento do veículo, plano de saúde, cartão de crédito, cursos e etc.

Depois disso, o valor que restar pode ser usado para eventuais passeios, compras, lazer e diversão. Vale lembrar que se o seu limite do cartão de crédito é R$500, se esforce para gastar no máximo R$300. Deixando um limite livre para eventuais imprevistos. No caso de parcelamento, cuidado com os juros.

Entrei em dívidas, como negociar?

Caso já tenha recebido ligações e cartas notificando a sua inadimplência, o ideal é procurar solucionar esse problema com rapidez. Porque quanto mais tempo você fica devendo em uma empresa, maior ficará a sua dívida por conta dos juros e multas.

Negocie diretamente com a empresa que está devendo, questione sobre um parcelamento da dívida em parcelas pequenas. Ou, qual as facilidades para um pagamento à vista, em alguns casos são eliminados os juros quando a dívida é totalmente quitada.

Mostre para a organização quais são as suas condições e se atente as opções que eles passarão. Existem feirões e eventos especializados em negociação, esta também pode ser uma boa opção.

Qual dinheiro uso para quitar minhas dívidas?

Em momentos de crise muitas pessoas acreditam que a melhor solução é tentar um empréstimo, acontece que isso acarreta em mais dívidas.

Uma solução bacana é usar um dinheiro que você já tem, como o décimo terceiro salário. Ou melhor, o PIS 2019 que é seu por direito e pode vir em boa hora. Acompanhe o calendário PIS 2019 e relacione a data de pagamento das dívidas com o recebimento deste dinheiro.

Organização e disciplina são primordiais para que as dívidas sejam zeradas.

Scroll to top